Projeto

Casa de plano aberto pequena com decoração botânica de selva

Casa de plano aberto pequena com decoração botânica de selva

O projeto Grão House, da arquiteta Très Arquitetura, envolveu a reinterpretação dos tradicionais armazéns a granel. Este é um lugar mágico, com um sabor brasileiro acolhedor. A decoração botânica em forma de selva colore sua paleta natural. As salas compactas receberam arranjos de plano aberto inteligentemente combinados e algumas soluções exclusivas para pequenos espaços. Uma grande parede da loja domina a sala principal, repleta de itens decorativos, além de diversos temperos e chás que marcam sua transição para uma pequena área de design e cozinha de plano aberto. O quarto possui um arranjo de suíte em plano aberto e um estrado de cama de plataforma ampla que forja uma separação clara do crescimento exuberante e verde do banheiro.

  • 1 |
O espaço aconchegante possui materiais naturais e vegetação como elementos centrais e de destaque, para refletir a presença brasileira e aproximar aqueles que estão dentro da natureza.

  • 2 |
Uma parede de portas de vidro totalmente retráteis remove a fronteira entre a vida interna e a externa, deixando a vida fluir livremente.

  • 3 |
Os sofás são elevados em um arranjo de plataforma exclusivo, o que ajuda a definir a área do salão.

  • 4 |
Candeeiros de pé, mesas laterais e cadeiras de acento se encaixam nos nichos feitos pelo corte da base elevada.

  • 5 |
Almofadas de houndstooth monocromáticas trazem momentos ousados ​​de padrão para os sofás de tecido branco fresco. Os detalhes em casa pretos trazem peso e profundidade ao interior neutro e criam uma vibração moderna.

  • 6 |
As molduras das janelas pretas cortam fortemente a vista verdejante do jardim.

  • 7 |
Há uma grande unidade de estantes abertas na parede da sala. Suas prateleiras aleatórias são pontilhadas com uma série de itens decorativos. Há também uma coleção de temperos e café para marcar a transição da sala para uma pequena cozinha de plano aberto e uma área de jantar formal.

  • 8 |
As plantas acompanham o passeio, fornecendo um cenário de selva atrás da parede da loja coberto de itens.

  • 9 |
Um corredor de piso é colocado da borda da cozinha até o final da sala. Um teto de corda de sisal ajuda a criar um ambiente íntimo e acolhedor em todo o espaço.

  • 10 |
A parede divisória que separa as áreas de estar do quarto é pintada de verde profundo. A tonalidade da tinta complementa a vegetação natural do espaço e fornece um acompanhamento impressionante dos elementos dourados e das notas de base pretas da sala. A parede divisória é deixada abaixo do teto, de modo que a linha de visão possa percorrer todo o caminho até a parte de trás, fazendo com que os olhos percebam um espaço maior.

  • 11 |
Todos os acessórios da sala são restritos a uma paleta de verde, natural, preto e dourado, para criar uniformidade calmante e um ar de sofisticação coesa.

  • 12 |
Um arranjo de mesa moderno se espalha pela mesa de jantar.

  • 13 |
As luzes pendentes da sala de jantar moderna são suspensas em baixo de uma extremidade do conjunto de jantar para ancorá-lo visualmente na sala de plano aberto. Os vasos decorativos também foram colocados nesta extremidade da mesa, para captar a luz dos pingentes e a luz do sol da janela adjacente.

  • 14 |
Um fogão a gás com dois anéis e uma pia de aço inoxidável estão ajustados no elegante volume da cozinha branca. O quarto e seu banheiro privativo em plano aberto ocupam o espaço logo além do recesso da cozinha emoldurada em madeira.

  • 15 |
A folhagem paira sobre a passagem para o quarto, tornando a arquitetura um recurso secundário. Uplighting suave, de lâmpadas de assoalho da esfera, exagera a beleza das grandes folhas tropicais. A mini selva quase consome uma banheira autônoma ao lado do quarto, além de uma pequena cadeira e uma mesa lateral.

  • 16 |
O lavatório privativo é um pouco protegido do espaço adjacente do sono por uma parede baixa. Ganchos de parede fazem bom uso da área de superfície extra. Espaço pendurado e algumas prateleiras se abrem na parte de trás da sala, em um recesso de madeira semelhante à cozinha - apenas sem o fundo verde vivo. Em vez disso, uma tela de luz suave emana por trás do volume de armazenamento.

  • 17 |
Almofadas de acento monocromático vestem uma cama de plataforma branca exclusiva. O design da cama apresenta uma estrutura mais larga de um lado, o que ajuda a separá-lo da área da banheira ao lado. A estrutura ampla também serve como uma unidade de cabeceira para servir café da manhã na cama ou apenas para colocar alguns livros de leitura na hora de dormir.

  • 18 |
A parede da cabeceira da cabeceira é a mesma parede divisória verde que forma o pano de fundo da sala de jantar e do espaço de convivência. Uma cabeceira branca texturizada contrasta lindamente com a profundidade da cor da parede. Uma cama verde joga com o tema.

  • 19 |
A área de banho privativa possui uma penteadeira exclusiva que apresenta uma bancada imersa. Os lados mais altos escondem grande parte da parafernália do banheiro. Um espelho alto cresce por trás da bacia.

  • 20 |
Doseadores de sabão, plantadores e uma bandeja de produtos de higiene pessoal são empurrados para os fragmentos da unidade de toucador incomum.

  • 21 |
Azulejos de pedra cobrem a parede circundante, combinando com o revestimento de luxo em todo o resto da casa.

  • 22 |
Uma torneira autônoma preta se perde entre a borda arborizada ao lado da banheira privativa.

  • 23 |
As folhas lambem o banho privativo, suavizando a aparência de sua borda branca dura.

  • 24 |
Observando a planta baixa desse lugar incomum, é possível observar um layout das uvas da jabuticaba brasileira no local. Também podemos ver a formação completa do sofá levantado na sala de estar.


Leitura recomendada: Uma casa deslumbrante que confunde a divisão interior-exterior


Assista o vídeo: COZINHA CONCEITO ABERTO - IDEIAS DE COMO DECORAR (Outubro 2021).